Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Candidato

Como ser uma boa liderança para os funcionários?

A reputação de uma empresa não depende só da qualidade do produto ou serviço que ela oferece, mas também do nível de satisfação de seus funcionários. Isso porque, além de estarem diretamente envolvidos nos negócios, eles também contribuem, de certa forma, para que sua fama se espalhe. Quando o funcionário se sente parte da empresa e responsável pelo seu progresso, sua produtividade pode crescer até 50%, segundo uma pesquisa especializada sobre gestão de pessoas. E, essa consciência depende não só das condições de trabalho ou do relacionamento com os colegas, mas, principalmente, de uma boa liderança.

Como sabemos, ser um bom líder não é uma tarefa fácil. Além de supervisionar e gerenciar o trabalho, é preciso lidar com conflitos e diferenças comportamentais entre os empregados. Mas, por mais que essa posição exija uma postura diferenciada, é sempre importante desmistificar aquela imagem de que qualquer profissional à frente de um departamento deve ser “intocável” ou “severo” demais com seus subordinados. Por isso, separamos dicas importantes que te ajudarão a ser um bom líder, capaz de manter sua equipe motivada.

Equipe engajada

Ter funcionários motivados e satisfeitos com a empresa e seus chefes, é fundamental para que o trabalho flua melhor e os objetivos sejam alcançados. Por isso, é importante que organize atividades que engajem a equipe e mostrem que não só a instituição, como você também se importa com o bem-estar de cada colaborador.

Uma boa estratégia é realizar confraternizações entre os funcionários, como as festas temáticas, cafés da manhã em um dia de trabalho mais tranquilo, e até mesmo reuniões periódicas para alinhar o que pode ser melhorado no ambiente ou nas relações de trabalho. Essas atitudes fazem com que os funcionários se conscientizem da sua importância na empresa, o que, consequentemente, acaba favorecendo o seu comprometimento com o trabalho.

Chefe e líder

A princípio, a liderança e chefia parecem ter as mesmas características, porém, na prática são aspectos diferentes que, muitas vezes, podem pertencer à perfis diferentes. A condição de chefe está relacionada a um cargo de hierarquia ocupado na empresa que, tem como responsabilidade obter resultados da sua equipe e, por isso, costuma ter como preocupação principal alcançar metas estabelecidas pela instituição.

A liderança é uma postura mais relacionada à equipe do que ao cargo. Um bom líder incentiva a colaboração entre os colegas, valoriza o trabalho e se preocupa com o bem-estar de seus funcionários. E, é justamente por ter esse lado humano importante para as relações interpessoais, que essa característica é tão desejável nos cargos gerenciais. Um chefe com espírito de liderança consegue aumentar a produtividade de sua equipe, diminuir os pedidos de demissão e, ainda gerenciar conflitos entre os funcionários. Por isso, é extremamente importante que qualquer pessoa que ocupe um cargo de chefia desenvolva sua capacidade de liderança, já que existe uma diferença entre esses aspectos: nem todo bom líder é um chefe, mas todo chefe deve ser um bom líder.

Conheça seus funcionários

Manter um bom relacionamento com os colaboradores é fundamental para que o líder possa exercer plenamente seu papel. Afinal, é por meio da boa convivência que ele consegue ganhar o respeito e a confiança da equipe. E, para isso, é essencial conhecer seus funcionários, não necessariamente no âmbito pessoal, mas se informando melhor sobre suas habilidades, suas dificuldades e, principalmente, vendo se eles estão sendo aproveitados adequadamente em seus cargos. Procure conhecer melhor os pontos fortes e fracos de cada um. Desta forma, você pode até repensar a divisão de tarefas de acordo com as habilidades que dominam e melhorar a produtividade da equipe.

Como é esperado que um bom líder estimule a interação entre seus funcionários e, eventualmente, gerencie conflitos na equipe, é de suma importância que ele tenha certa intimidade para falar abertamente com todos. Assim, sua palavra será, de fato, relevante para a equipe, uma vez que ele está realmente “próximo” dos colaboradores no dia a dia.

Se autoavalie com frequência

Para se tornar um profissional ainda mais completo, é importante que a autoavaliação faça parte da sua rotina. Defina metas de desempenho pessoal e, de tempos em tempos, cheque sua evolução. Essa prática evita que você entre na zona de conforto e se acomode como chefia.

Outra dica importante é ouvir seus colaboradores. Periodicamente, peça a seus funcionários para apontarem aspectos que devem ser melhor trabalhados e procure dicas de como se aperfeiçoar. Embora alguns funcionários não se sintam à vontade para falar sobre os pontos fracos do seu chefe cara a cara, você pode disponibilizar uma caixinha de sugestões para que eles, anonimamente, digam o que pode ser melhorado. Críticas positivas são fundamentais para que possamos enxergar algumas falhas que, muitas vezes, passam despercebidas.

Por fim, o bom líder deve estar pronto não só para dividir o sucesso com sua equipe, mas, principalmente, assumir a responsabilidade pelo eventual fracasso de um projeto. Liderar é uma tarefa que exige constante aprimoramento, por isso, procure sempre melhorar seu desempenho. E aqui, no blog da Companhia de Estágios, você encontra ótimas dicas para seguir sempre evoluindo. Acompanhe nosso conteúdo!