Blog

Artigos

Como se destacar e ter sucesso no processo seletivo

Atualmente a maior parte dos estagiários no Brasil é composta por jovens que, na maioria das vezes, estão vivenciando a primeira experiência no mercado de trabalho, e o contato imediato com o ambiente profissional é através da seleção para a vaga pretendida, por isso, é normal, até para quem já trabalhou anteriormente, sentir nervosismo e ansiedade, pois o candidato está lidando com um novo cenário e uma nova equipe. No entanto, é preciso saber driblar esses empecilhos para que eles não atrapalhem e nem prejudiquem a performance durante o processo.

Em meio a vários outros candidatos competentes e ávidos pela vaga é comum sentir uma certa intimidação, mas por trás da postura firme e equilibrada dos outros concorrentes, também há uma insegurança e ansiedade diante da expectativa da avaliação. O importante é se preparar previamente para o momento, manter a calma e ter em mente que todos os problemas decorrentes do nervosismo podem ser contornados e só depende de você.

Veja a seguir algumas dicas para lidar com a situação da melhor forma possível e se destacar de forma positiva, aumentando suas chances no processo:

Deixe a timidez de lado

A dificuldade de se expor ou falar em público é um problema mais comum do que se pensa. Isso não significa que a capacidade profissional do candidato esteja comprometida, porém, no processo seletivo essa limitação pode ser um grande empecilho e afetar seu desempenho. Portanto é essencial desenvolver estratégias para driblar esse problema e se sentir mais seguro e confiando diante do recrutador. Pesquisar sobre a empresa e as perguntas mais frequentes, preparar previamente os argumentos e treinar com uma pessoa próxima pode ajudar muito. Outra alternativa é buscar cursos específicos voltados para essa questão, que trabalham a desenvoltura e exposição em público.

Comunique-se bem

Dominar a língua portuguesa é uma exigência básica de qualquer empresa e é extremamente importante no processo de seleção. Pesquisas mostram que a falta de conhecimentos, oral e escrito, da língua materna é um dos principais motivos de eliminação entre os brasileiros, por isso, no ambiente de trabalho, é fundamental evitar as gírias, vícios de linguagem e, principalmente, palavrões. Quanto mais clara for sua forma de se comunicar, com linguagem profissional adequada e um bom vocabulário, melhor será sua avaliação.

Saiba trabalhar em equipe

A dinâmica de grupo é o momento ideal para mostrar seus talentos e conhecimentos, inclusive traços de liderança. Iniciativa pode ser um diferencial, portanto envolva-se na tarefa, mas fique atento à sua capacidade de lidar com a equipe, exponha suas ideias e sugestões de maneira respeitosa e confiante, mas também permita que os outros integrantes se expressem. Lembre-se: liderança não significa tirania, portanto não passe por cima de seus colegas que discordarem da sua opinião e procure uma solução que favoreça a todos.

Seja sincero

Muitas pessoas ficam apreensivas quando o recrutador pergunta sobre os seus maiores defeitos, ou o motivo de saída do último emprego, e acabam tentando maquiar a verdade, porém, respostas clichês como “sou perfeccionista” ou “teve um corte na empresa” não são valorizadas. Ser sincero e verdadeiro é fundamental durante a entrevista. Você não precisa se alongar, nem focar demais nos seus pontos fracos, ao invés disso seja objetivo e conte quais atitudes tem tomado para melhorar. Seja sempre honesto e não minta, pois, além de ser dedurado pelos sinais corporais, se a empresa vier a descobrir você perderá suas chances não apenas nesse processo seletivo, mas provavelmente em seleções futuras também.

Seleção online requer os mesmos cuidados

Com o avanço da tecnologia os processos seletivos online, por meio do Skype ou outras ferramentas digitais, estão se tornando cada vez mais comuns. Eles são práticos, rápidos e econômicos, tanto para o candidato quando para a empresa. Além disso, por serem intermediados pela tela do notebook, tablet ou computador ao invés de ao vivo, muitos participantes se sentem mais confiantes e à vontade. Porém, o momento ainda exige muita seriedade e não pode ser confundido com um processo mais informal.

A preparação deve ser feita da mesma forma que seria para uma seleção presencial. É importante ainda se atentar ainda para outros fatores, como a escolha de um local calmo e silencioso, com um cenário de fundo organizado, o funcionamento correto dos equipamentos como câmera e microfone, além de controlar a ansiedade e nervosismo que possam surgir, seja qual dor o método do processo.

A Cia de Estágios te deseja uma boa sorte nessa nova empreitada! Para receber mais dicas como estas e ficar por dentro das oportunidades do mercado cadastre-se em nosso site e siga nossas redes sociais.

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!