Blog

Carreira

Conheça sua carreira: Qual caminho posso seguir fazendo Ciências Contábeis?

Você já parou para pensar o que faz um profissional de ciências contábeis? E onde ele trabalha? Algumas pessoas ainda têm em mente que esse especialista continua sendo uma pessoa mais velha que auxilia as empresas a se manterem financeiramente, mas na verdade não é bem assim, alguns jovens estão mudando esse conceito. Se você faz ou pensa em fazer Ciências Contábeis, deve saber que esse é um curso que não exige apenas um conhecimento avançado na matemática para conferir as contas das instituições, mas sim também em administração e controle das finanças para ajudar as empresas a progredirem no mercado. Se tornar um profissional dessa área é poder trabalhar em diversos seguimentos e até mesmo de maneira autônoma. Quer conhecer mais dessa carreira e quais as possibilidades desse curto? Saiba mais agora.

Contabilidade

Uma das áreas mais conhecidas do curso de ciências contábeis é a contabilidade, onde o profissional tem como função registrar e controlar o fluxo de caixa de uma empresa, tais como tributos, cobranças e pagamentos. Ele é capaz de mensurar quanto os impactos externos podem influenciar nos patrimônios, isso porque ele identifica, divulga, analisa os eventos e as transações realizadas pela instituição. O contador também é responsável por elaborar uma pesquisa de disponibilidade econômico-financeira para projetos, realizar perícias e auditorias, além de realizar e propor soluções para problemas relacionados a sua profissão. É de extrema importância para as empresas a participação de um contador no setor financeiro, pois é ele quem controla o patrimônio das organizações por meio da execução de técnicas, procedimentos e normas, onde ele mede, interpreta e informa os dados aos responsáveis da instituição que podem ter uma noção de como está o andamento dos negócios, tomando decisão em cima das informações fornecidas.

Controladoria

Dentro do ramo de ciências contábeis também há os controllers, profissionais especializados em realizar um processo de controle nas finanças de acordo com os interesses das instituições, assim, este profissional consegue prestar contribuições significativas para a evolução e o progresso da empresa, oferecendo equilíbrio ao ambiente. O trabalho do controller consiste em primeiramente estruturar operações contábeis e financeiras, além de áreas de apoio. Logo após realizado os estudos, ele é responsável por cuidar desde o custo a contabilidade, além da formação de preço de venda e outras informações que sejam úteis para a instituição, como: controle de custos, despesas fixas, orçamento empresarial, fluxo de caixa prospectivo, captação de recursos, soluções financeiras e análise do desempenho por negócio.

Com a realização dessas funções, o controller é capaz de projetar resultados de acordo com os objetivos da instituição, além de eliminar riscos de excesso, desperdício ou roubo. Desta forma o profissional é encarregado de fazer uma análise entre os resultados das pesquisas e os padrões de controle estabelecidos pela instituição.

Auditoria

Uma das áreas mais importantes do curso é a auditoria, um segmento que fiscaliza e certifica os procedimentos financeiros de uma instituição. Na prática, se a contabilidade é responsável por registrar e calcular todas as atividades vigentes na empresa, nada mais justo do que uma área que consiga certificar o trabalho realizado.

Um auditor tem como missão garantir o sucesso da administração da empresa, pois ele é o responsável por analisar o fluxo de caixa da instituição, revisar os contratos fechados entre empresa-trabalhador, empresa-empresa e reconhecer, se houver, as anormalidades. Por meio desses processos de revisão e recálculo de relatórios feitos por contadores, contratos, parcerias e projetos, o auditor é capaz de apontar possíveis áreas que merecem mais atenção da administração e propor melhorias ou cortes em alguns setores dentro da empresa. Essa é uma das principais áreas para se trabalhar, pois, além de um contador, cada vez mais empresas necessitam de uma fiscalização das economias para que a instituição cresça ainda mais e não tenha nenhum contratempo com órgãos fiscalizadores.

Pericia contábil

Outra área em ascensão no ramo de ciências contábeis é a perícia, muito parecida com a auditoria, essa profissão é responsável por avaliar casos tidos como litigiosos. Normalmente esse profissional entra em ação depois da determinação de um juiz ou após uma das partes de um processo judicial requerer seus serviços para cuidar de um caso específico. O contador tem como missão atuar em processos de revisão financeira contra instituições, sistema de empréstimo habitacional, etc. O laudo feito por esse perito é utilizado como prova pelo juiz em um processo judicial.

Consultoria financeira

Se você não deseja trabalhar em uma empresa ou instituição, atuar como consultor financeiro pode ser uma boa opção. O profissional desta área trabalha em instituições que ainda não estão totalmente regularizadas com os tributos, na contratação de uma empresa terceirizada e em empreendimentos especialistas em assuntos financeiros. Normalmente o consultor atua de forma independente, podendo trabalhar em locais privados, órgãos públicos e casos específicos.

A imagem de um especialista em ciências contábeis está mudando, o tempo passou e com ele o perfil desse profissional também. Hoje há muito mais vertentes a serem seguidas e diversas especialidades, mas é importante lembrar que para vencer no mercado é preciso ter alguns fatores que o destaque dos demais candidatos, um deles é o estágio, que pode ser considerado um diferencial, principalmente se você tiver passado pelas diferentes áreas do curso. Não fique parado esperando que essa oportunidade apareça, entre agora no site da Companhia de Estágios e se cadastre gratuitamente para concorrer a vagas em empresas prontas para investir no seu talento.

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!