Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Candidato

Como as fake news podem comprometer seu estágio?

O acesso frequente às redes sociais e smartphones já se tornou um hábito comum por grande parte da população mundial. Curtir e compartilhar fotos e notícias com os amigos que te seguem já é algo tão natural que, muitas pessoas preferem se informar pelas redes sociais ao invés de acessar os sites de notícias conhecidos. E, é justamente essa comodidade que, faz com que cada vez mais as fake news sejam espalhadas como verdade absoluta e iniciem muitas discussões no mundo virtual.

Muito utilizada nos últimos anos para distorcer fatos em campanhas políticas, as notícias falsas sempre são feitas por uma rede de pessoas que têm um objetivo específico de prejudicar a imagem de alguém ou apenas gerar conflitos desnecessários entre os usuários da internet. Divulgadas sem a preocupação do seu impacto, dependendo da importância da informação, se compartilhada e comentada, essa atitude pode não só prejudicar sua imagem nas redes sociais, como também no trabalho e da instituição que trabalha .

Dependendo do tamanho da empresa em que estagia e sua proximidade com os colegas, você pode ser “pego” nas redes e gerar conflitos internos na empresa, o que prejudica seu desempenho ou até mesmo te tira a oportunidade de crescimento. Por isso, para te ajudar a não dar moleza nas redes e ficar atento a tudo que lê, separamos atitudes que deve sempre ter para evitar se comprometer. #ficaesperto

Verifique a fonte da notícia

Para que você não caia na armadilha de compartilhar uma fake news, é importante que sempre busque a informação em fontes oficiais como órgãos do governo, grandes veículos de comunicação ou até mesmo o perfil verificado dos envolvidos, no caso de pessoas públicas, para que os mesmos possam esclarecer o acontecido. Caso perceba que a notícia é falsa ou sem fundamento, procure informar o máximo de pessoas possível e denunciar o site aos responsáveis pela segurança da rede social.

Manifestações políticas? Nem pensar!

Após o estouro de casos de corrupção no país e debates políticos acirrados entre os candidatos à presidência, as redes sociais se tornaram praticamente um campo de “guerra” entre os usuários. Isso porque, cada um tem um ponto de vista e defende causas diferentes. Porém, é importante lembrar que muitas pessoas estão conectadas à internet além de você, inclusive seu chefe e superiores. Por isso, é necessário que pense bem antes de compartilhar uma notícia, por mais que ela seja verdadeira.

O ideal é que nunca fomente discussões políticas na rede, pois, por mais que a intenção seja boa, às vezes os comentários e a repercussão podem gerar uma imagem negativa e até sair do seu controle. A fim de não ofender nenhum dos seus seguidores e, principalmente, seu chefe, tente deixar de lado conversas de cunho político nas redes sociais e guarde sua opinião para uma conversa informal com amigos e familiares. #ficaadica

Depois de postado…

No fim das contas, se você publica uma fake news ou uma notícia verídica, depois de compartilhada, ela estará disponível a sua rede de contatos para que interajam e comentem, se desejarem. Mas, é importante lembrar que uma vez postada, alguém terá visto, mesmo que posteriormente você apague rapidamente, por isso, é importante que tenha muito cuidado ao compartilhar algo.

Uma dica importante, e que não faz parte do hábito de muitos jovens conectados, é a de ler não somente o título e sim, todo o conteúdo para ter certeza de tudo que está escrito. Além disso, não se esqueça de verificar a autenticidade do site, data da publicação, se contém erros ortográficos e o autor da notícia. Por meio desse filtro, você diminui a chance de compartilhar uma fake news e gerar polêmica.

Monitoramento na web

Se você estagiar em uma empresa de grande ou médio porte, pode ser que o setor de RH esteja observando seu comportamento na web. Instituições preocupadas com sua reputação e o comportamento de seus funcionários, têm adotado medidas que monitoram as redes sociais de candidatos às vagas de emprego e trabalhadores já contratados. Essa vigia tem como objetivo ver como as pessoas se comportam fora do ambiente de trabalho e se compartilham muita fake news nas redes sociais que prejudicam não só a imagem de quem publicou, mas também da empresa que a emprega.

Aliás, especialistas na área de RH afirmam que entre 10 e 15% dos funcionários são dispensados ou nem recrutados por conta da má conduta adotada nas redes sociais. Por isso, sempre que for postar ou comentar algo, se policie e avalie se é realmente necessário falar algo a respeito do assunto.

Claro que ficar atento às suas condutas nas redes sociais não é se privar de compartilhar com os amigos assuntos importantes e divertidos, mas apenas evitar qualquer tipo de complicação no seu período de estágio. Aliás, se seguir essas dicas para melhorar sua imagem na empresa, as chances de cometer algum erro diminuem e até mesmo novas oportunidades  podem surgir. Pensando justamente em melhorar sua carreira profissional, a Companhia de Estágios te dá dicas importantes na nossa página do Facebook ou no canal do YouTube. E, para que consiga o quanto antes uma vaga de estágio, se inscreva gratuitamente no nosso site e receba oportunidades em empresas renomadas no mercado de trabalho.