Blog

Artigos

Tecnólogo, bacharel ou licenciatura, qual a melhor escolha para a primeira graduação?

O último ano do ensino médio é, geralmente, um momento decisivo para muitos jovens e um dos maiores desafios é escolher qual curso de graduação fazer, de acordo com a carreira que pretende seguir. Mas, além disso, ainda é preciso pensar mais além e refletir sobre qual a área de atuação no mercado de trabalho que pode se encaixar melhor com seu perfil, pois, a maioria dos cursos hoje em dia oferece um grande leque de opções de acordo com formação de cada profissional.

Existem, atualmente, três modalidades no curso de graduação que garantem o diploma de nível superior, grau de escolaridade exigido em concursos públicos e determinadas funções, elas são: bacharelado, licenciatura e tecnólogo. O bacharelado oferece algumas alternativas a mais dentro do mercado de trabalho, já a licenciatura tem uma área de atuação praticamente definida, enquanto o tecnólogo é voltado para um ramo específico. Mas não param por aí as diferenças entre eles, e é preciso analisar atentamente antes de optar por algum, para escolher aquele que atenda melhor suas necessidades e garanta seu sucesso profissional no futuro.

Definindo o foco

A principail diferença entre os cursos de bacharelado, licenciatura e tecnólogo é o foco da formação, pois cada um deles forma um tipo de profissional e, portanto, possuem também uma grade curricular distinta. Conheça a seguir as principais características de cada modalidade:

Bacharelado

O bacharelado confere grau de bacharel e é uma modalidade generalista, que deixa o aluno apto a atuar em diversos ramos de uma mesma área do conhecimento. O curso oferece um panorama mais amplo da área, mesclando disciplinas teóricas e práticas na grade curricular, assim os mais indecisos têm a oportunidade de escolher qual área seguir ao longo da formação ou, até mesmo no fim dela, quando ingressar no mercado de trabalho. O objetivo é proporcionar um contato direto com diversas atividades da área para que o aluno possa identificar a que possui mais afinidade e deseja seguir.

Tempo de duração: entre 3 e 6 anos.

Licenciatura

O grau de licenciado é voltado para a formação professores, portanto sua grade curricular é composta também por disciplinas ligadas à pedagogia e à didática, além das disciplinas específicas da matéria. O diploma de licenciatura é exigido para lecionar e também é aceito em concursos públicos que exigem nível superior. Os formandos em licenciatura estão aptos a dar aulas nos ensinos fundamental e médio em escolas públicas e particulares, portanto esse é o curso ideal para quem deseja seguir carreira como professor. Existem alguns cursos que são oferecidos tanto em grau de licenciatura como bacharelado, como química, filosofia, educação física entre outros, nesses casos a principal diferença é o tipo de diploma e o foco das disciplinas.

Tempo de duração: entre 4 e 5 anos.

Tecnólogo

Os cursos superiores de tecnologia possuem uma formação mais específica em determinada profissão e conferem o grau de tecnólogo. O currículo é formado, quase inteiramente, por disciplinas práticas relacionadas com as necessidades do mercado de trabalho de acordo com o ramo de atuação. Este diploma também é aceito em concursos públicos e possibilita a realização de uma formação especializada através de uma pós-graduação.

Esta é uma modalidade focada em atender a demanda do mercado, por isso os cursos são bem segmentados, o que é ideal para quem já conseguiu definir a área que pretende atuar. É possível também se deparar com cursos de bacharelados que possuem nomes iguais ou bem parecidos com os tecnólogos, como no caso do curso de Turismo, que existe nas duas modalidades, mas possuem ênfases diferentes. Nesses casos é necessário examinar a grade curricular e o foco da graduação para ver qual atende melhor suas expectativas

Tempo de duração: entre 2 e 3 anos.

Pontos em comum

Tanto o tecnólogo quanto o bacharelado e a licenciatura são oferecidos em qualquer instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), como faculdades, universidades, centros universitários, institutos federais de educação, etc. A forma de ingresso é semelhante entre eles e pode ser por meio do vestibular tradicional ou através da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou o Programa Universidade para Todos (ProUni). Lembrando que para entrar em algum deles é obrigatório ter concluído o ensino médio.

Para conferir mais dicas como essas e fazer a escolha certa para uma carreira de sucesso, cadastre-se em nosso site e siga nossas redes sociais.

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!