Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Artigos

4 passos para implantar uma cultura de diversidade na empresa

Diversidade se tornou a palavra da vez nas organizações, a tendência é que o trabalho tenha cada vez mais pluralidade social.

Cada pessoa é única e todas podem agregar com seus talentos, experiências e perspectivas de mundo.

Diante disso, os gestores entenderam o quanto é necessário tornar o ambiente de trabalho mais diverso, pois isso oferece uma série de benefícios, como inovação, melhor desempenho e produtividade das equipes e consequentemente melhor retorno financeiro.

Deste modo, hoje em dia, a diversidade se tornou um elemento importante para os negócios e para a força de trabalho.

Sendo assim, listamos quatro passos importante que as empresas devem tomar para assumir essa postura. Veja a seguir!

Passo 1: Revise a cultura organizacional

Diversidade faz parte da cultura organizacional. Então, é necessário fazer uma revisão de como a empresa tem se portado ao que se refere a este assunto.

O primeiro questionamento é: a empresa é um lugar onde as pessoas são acolhedoras e inclusivas? A partir da resposta para essa pergunta é importante trabalhar de forma ampla, conscientizando colaboradores acerca do tema, adotar uma nova linguagem na comunicação com o público interno e externo e promover aprendizado intercultural, pois não adianta a organização adotar uma postura, enquanto seus funcionários pensam diferente.

Passo 2: Melhore os processos de recrutamento

O RH tem papel indispensável nessa hora, mas para executar um bom trabalho, é necessário deixar qualquer preconceito de lado.

Muitas perguntas, inclusive, feitas em processos seletivos devem ser excluídas. É muito comum, por exemplo, que em entrevistas de emprego, o recrutador pergunte se a mulher possui filhos ou se pretende engravidar.

Infelizmente, dependendo da resposta, isso pode ser um filtro. Contudo, quando uma empresa se apoia neste tipo de seleção, ela perde inúmeros talentos, sem contar que ao contratar alguém, é importante pensar no futuro do colaborador a longo prazo. Deste modo, além de ser uma pergunta desnecessária e preconceituosa, é extremamente egoísta da parte do recrutador. O processo seletivo deve abranger todos, sem distinção nenhuma.

Passo 3: Estabeleça práticas de diversidade

Além de adotar políticas mais inclusivas nos processos de admissão, é necessário conscientizar os funcionários sobre o assunto e falar da importância de ter um ambiente de trabalho plural.

Uma maneira de fazer isso é oferecendo materiais de apoio para ajudar a conscientiza-los, promovendo palestras, eventos e, principalmente, integração entres os colaboradores para que eles se conheçam e possam trocar experiências.

Passo 4: Seja verdadeiro

Ousamos dizer que este é o passo mais importante de todos, pois, não adianta fazer uma série de ações apenas para lucrar ou maquiar uma realidade vivida pela empresa.

Diversidade é essencial e não pode ser um discurso falado da boca para fora, precisa estar no DNA da empresa, no dia-a-dia, na seleção e recrutamento, na retenção de talentos, na solução de conflitos e nos resultados.

Não adianta adotar uma postura, por exemplo, nas redes sociais e na rotina de trabalho e ser diferente nas ações ou no tratamento dos colaboradores, até porque em algum momento, mais cedo ou mais tarde, isso irá transparecer.

Não é à toa que este é um tema sempre em pauta e muito importante de ser discutido, pois é necessário abrir as portas da empresa para as pessoas, cada qual com suas particularidades.

Gostou do nosso conteúdo? Continue nos acompanhando no blog para ler mais sobre temas pertinentes a gestão, RH, processos seletivos, entre outros!

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!