Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Artigos

Como responder 4 perguntas comuns em processos seletivos?

É natural ter um pouco de nervosismo durante os processos seletivos, por isso é tão recomendado se preparar antes para mandar bem na frente do recrutador.

Mas sabemos que essa não é uma tarefa fácil, uma vez que, cada processo seletivo é único e envolve pessoas e métodos diferentes.

No entanto, sempre tem aquelas perguntinhas que todo recrutador faz, claro que isso não é uma regra e não existe um manual de perguntas que devem ser feitas ao candidato, mas é natural que elas aconteçam durante a conversa.

Pensando nisso, escolhemos quatro perguntas comuns em entrevistas de estágio para mostrarmos como você pode respondê-las.

Preparado? Então, segue adiante com a leitura!

1. Quais são seus objetivos profissionais?

Essa pergunta pode ser um pouco difícil para um estagiário, uma vez que, ele ainda está se descobrindo na carreira e dependendo da profissão escolhida, existem muitas possibilidades de atuação.

Mas todo mundo tem um propósito, um objetivo, um sonho e isso envolve os planos profissionais, certo? Então, diga onde você quer chegar com a sua profissão, o que pretende alcançar.

Tudo isso é muito válido para a empresa saber se você é uma pessoa que pensa em crescimento e em sair da zona de conforto.

2. Por que você quer trabalhar nesta empresa?

Tenho certeza que nessa hora você gostaria de ter o poder de ler mentes só pra responder o que o recrutador gostaria de ouvir, não é?

Mas, calma lá! Nem sempre existe uma resposta certa para tudo, e para esta pergunta isso não é diferente, não, viu?!

Antes de se candidatar a uma empresa, é importante saber se ela dá “match” com você, ou seja, se vocês têm princípios e valores parecidos que combinsm. Isso é essencial para a permanência de um profissional na empresa.

Desta forma, esse pode ser um bom caminho para responder essa pergunta, mostrar que vocês têm tudo a ver, que seus objetivos se alinham com a filosofia da empresa e que você gostaria de se desenvolver à medida que a empresa cresce.

3. Fale um pouco sobre seus pontos fortes e fracos.

Ai, ai, ai… essa aqui é de arrepiar, não é mesmo? E se você falar algo que o recrutador não considera legal? Como falar para a pessoa que não gosta, por exemplo, de acordar cedo, sem causar a impressão de ser preguiçoso.

Ou, então, como não parecer prepotente ao falar bem de si mesmo? Realmente, essa é difícil, mas não é impossível.

O recrutador não está procurando um super-homem ou uma mulher maravilha, embora, a ideia de trabalhar com eles dois pareça ser legal. Mas, não é este o caso aqui. O recrutador espera uma pessoa sincera.

É importante tomar cuidado com as palavras. Ao dizer seus pontos negativos, mostre o que está fazendo para melhora-los, quanto aos pontos positivos, fuja do óbvio e fale sobre situações, nas quais, suas qualidades se sobressaíram.

Faça uma autoanálise antes de ir para a entrevista!

4. Como você se imagina depois de formado?

Essa questão parece um pouco com a primeira sobre objetivos profissionais. Claro que é o sonho de todo estagiário ser efetivado após o término da faculdade.

A pergunta é interessante para o recrutador para ele saber se você tem um planejamento de carreira.

Então, não tenha medo e mostre o que você quer conquistar até lá e o que pretende fazer depois disso. Um intercambio, uma pós-graduação, um curso para aprender um novo idioma, algum projeto pessoal… seja sincero e abra seu coração!

Dica extra: Entrevistas são sempre uma incógnita, por mais que existam perguntas comuns, ninguém sabe o que esperar exatamente. Mas, o mais importante é ser você sempre, não minta, não exagere e nem deixe de contar algo que seria legal o recrutador saber.

Empresa querem seres humanos, não máquinas. Seres humanos possuem sentimentos, ambições, medos e objetivos.

É claro que não precisa abrir sua vida, mas não tenha medo de contar algo interessante e que pode agregar durante a entrevista, isso pode fazer uma baita diferença na hora, viu?

Gostou do artigo? Continue de olho no nosso blog para ler mais sobre dicas de processos seletivos, e, claro, não se esqueça de se candidatar para as vagas de estágio!

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!