Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Candidato

Afinal, por que as empresas devem investir em um estagiário?

Apesar da taxa de desempregados ter aumentado consideravelmente nos últimos anos, o mercado de estágio está a todo vapor, com jovens ávidos por uma oportunidade de colocar em prática a profissão que escolheram seguir. Atrás desses jovens talentos estão grandes empresas que querem investir cada vez mais em profissionais que gerem frutos no futuro. Mas já se perguntou por que o programa de estágio é tão importante para as empresas? Apesar de muitos pensarem apenas nas facilidades contratuais, o principal valor que um estagiário pode agregar a uma empresa é a concepção de novas ideias para o ambiente corporativo. Afinal, uma mente jovem na instituição pode promover uma boa relação com os funcionários mais antigos, já que haverá uma troca de ideias e experiência que, além de benéfica para os dois, pode ser resultar no surgimento de inovações para alavancarem ainda mais a instituição no mercado. Além disso, as empresas encontram no estágio, a chance de moldarem profissionais conforme o seus valores e, até mesmo, direcioná-los para planos de carreira estratégicos. Quer entender melhor como isso funciona? Veja a seguir.

Treinando desde cedo

Com a ascensão de trainees e estagiários, as empresas estão cada vez mais abertas a contratos com jovens estudantes que têm vontade de aprender e colocar em prática o que aprendeu em sala de aula. Na mira das instituições, os estagiários podem ter sua primeira oportunidade de emprego fixo após o período de aprendizado. Ter um jovem sem muita experiência é possuir um funcionário sem vícios profissionais, que podem atrapalhar o bom andamento dos negócios, e que pode ser treinado desde cedo para ser moldado à cultura da corporação.

Por isso, um estagiário que decide não passar por esse período de prática dos estudos pode enfrentar dificuldade no mercado de trabalho após a formatura. Além disso, é no período de estágio que o estudante pode identificar se é essa profissão que ele quer seguir ou não. Essa interação também permite que as empresa tenham contato, através de parcerias, com estudos e inovações promovidos pelas universidades, melhorando consideravelmente seu papel social e, até mesmo, de mercado.

Juventude e vontade de aprender

Outra vantagem de possuir um estagiário na empresa é renovar a dinâmica dos setores e ter a possibilidade de absorver técnicas e ideias que este jovem pode apresentar, já que possui um aprendizado e uma visão diferente dos funcionários mais experientes. Esses jovens também são ávidos pelo saber, então ensiná-los pode ser uma experiência valorosa para ambas as partes.

Muitas empresas de grande porte que possuem recursos maiores até acabam investindo em intercâmbio e cursos extracurriculares para que esses jovens possam se especializar cada vez mais e se tornar, em um futuro próximo, um funcionário de alto rendimento.

Outro ponto a considerar é, em geral, esta relação de valorização e investimento no estagiário faz com que o jovem se sinta mais estimulado a “vestir a camisa” e se sinta parte ativa dos projetos. Incentivando-os, inclusive, a trabalhar para conquistar uma vaga efetiva. Não é à toa que o programa de estágio é algo comum na política de grandes empresas.

Aperfeiçoar o quadro de colaboradores

A importância de ter um jovem ainda em período de ensino na faculdade é poder aperfeiçoar o conhecimento dele e treiná-lo desde cedo da forma mais adequada para que ele progrida na empresa. Se for uma instituição de grande porte, a quantidade de estagiário pode ser ainda maior. Essa pode ser a oportunidade de um dono de empresa ou supervisor de conseguir renovar a área de uma instituição sem que os funcionários tenham que ser contratados formalmente pela CLT, num primeiro momento. Enquanto os jovens passam por um período de aprendizado, os superiores podem pensar em programas, cursos ou outros recursos que incentivem a formação do plano de carreira dos estudantes que se destacarem dentro da empresa.

Mas isso não quer dizer que a empresa pode exigir experiência prévia desses jovens ou estará contratando um profissional a baixo custo e sim criando um excelente funcionário conforme as características e necessidades da empresa. É preciso lembrar também que um estágio deve durar no máximo 30 horas semanais, contabilizando o máximo de 6 horas diárias para a realização das atividades dos estudantes do ensino superior, educação profissional de nível médio e do ensino médio. O tempo máximo de permanência de um estagiário na mesma empresa é de 2 anos e a cada 12 meses de trabalho na instituição o jovem tem direito a 30 dias de férias remuneradas.

Se você busca novos talentos, saiba que a Companhia de Estágios é especializada em selecionar os melhores perfis para a sua empresa. Contamos com toda tecnologia para encurtar o caminho entre empregadores e estagiários, te ajudando a enriquecer sua equipe de trabalho. E para quem busca uma vaga de aprendizado, também conte conosco: no nosso blog você encontra tudo sobre carreira e mercado. Acesse o nosso site e fique por dentro de todas as oportunidades!

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!