Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Artigos

Autoconhecimento, por que ele é tão importante na busca de um estágio?

Para um jovem que está em busca de um estágio, além da importância de estar atualizado com os contextos do mercado e conectado com o mundo, ele deve primeiramente conhecer a si mesmo. Tendo interesse em desenvolver o seu autoconhecimento, facilitará ao candidato entender o que ele busca e deseja para seu futuro, garantindo mais chances no seu sucesso profissional.
O Autoconhecimento nada mais é do que conhecer a si próprio, compreender tudo que se diz respeito a nós mesmos, ter a capacidade de entendermos quais são nossas vontades, desejos e objetivos, por isso se torna tão imprescindível no momento de uma escolha.

Processos seletivos (principalmente os primeiros!) podem ser compreendidos como um ambiente de “tensão” ou simplesmente que não se possa ficar tão “à vontade” como se estivesse em uma conversa com amigos, porém, quanto mais seguro e confiante o candidato se apresentar, com relação ao que ele deseja para seu futuro, melhor desempenho ele terá nesses momentos, por isso, ter em mente seus objetivos, habilidades e competências, também é uma forma de facilitar o desempenho no momento da entrevista!
Em um processo seletivo de estágio, entende-se que o perfil comportamental acaba se destacando mais em relação ao perfil técnico, já que o recrutador busca identificar o perfil mais adequado para a empresa em questão que está a procura de novos estagiários, por isso, o candidato deve estar ciente da importância na escolha da empresa em que se deseja ingressar, pois identificar-se com os valores que esta carrega, também é uma forma de definir importantes escolhas futuras.

Definir a escolha profissional, nem sempre é uma tarefa fácil, por isso o autoconhecimento se torna tão importante nessa etapa, definir suas principais aptidões ou até mesmo parar para pensar em qual era sua melhor nota no ensino médio, facilitam nesse processo! Pensar no que você sempre teve mais facilidade ou destaque, como por exemplo: “Sempre fui muito comunicativo”, ou “Sempre me interessei por números ou lógica”, ou até mesmo “Sempre fui curioso para montar e desmontar as coisas, como o computador ou (até mesmo os brinquedos, quando era criança), enfim, diversos indícios que na hora de escolhas tão importantes como a do curso da faculdade, área de atuação ou a própria empresa que se deseja ingressar em um estágio, são essenciais.

Lógico que, para o Autoconhecimento, você é a pessoa mais importante para que isso se realize, porém, atualmente há diversos meios e profissionais qualificados que facilitarão nesse processo também. Orientação Vocacional, Programas de Coaching voltados para jovens ou a própria terapia são algumas ótimas ferramentas para conhecer a si próprio e orientar na construção dos objetivos, principalmente em momentos que pedem escolhas tão significativas.

O objetivo dessa busca, de compreender a si mesmo, não é de “engessar a si próprio”, a ponto de se ver obrigado a definir o que terá que fazer durante uma vida toda! A vida é cheia de mudanças, e isso que a faz tão interessante (na minha opinião!), por isso, quanto mais nos conhecemos, melhor nos adaptamos a essas mudanças, sendo mais assertivos nas escolhas e buscando a realização não só profissional, mas principalmente a realização interior e a satisfação de se sentir capaz e feliz em seguir em frente com as decisões tomadas.

Keila Tomaz Carneiro
Psicóloga – Companhia de Estágios

cadastre-se-programa-de-estagios

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!