Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Candidato

Home office: como trabalhar bem de casa?

Fazer home office já era uma prática comum entre algumas empresas, tanto que existem companhias que oferecem essa flexibilidade como parte dos benefícios. Contudo, com os últimos acontecimentos, muitos profissionais se viram obrigados a trabalhar de casa.

Essa prática se tornou muito importante dentro do atual cenário, como medida de contenção do coronavírus. Mas, como fica o estagiário nessa história toda?

Nós já publicamos uma nota de orientação paras os gestores sobre o que as empresas devem fazer com estagiários e aprendizes nesse momento de pandemia do covid-19.

Mas, sabemos que mesmo que a empresa possua processos organizados para conseguir gerenciar as equipes a distância, o trabalho remoto pode ser um verdadeiro desafio para o estagiário, uma vez que, ele requer uma atenção diferente dos demais profissionais, afinal, o universitário está em processo de aprendizagem.

Não é apenas uma questão sobre ser produtivo. É fato que a mudança de ambiente interfere diretamente na produtividade, além disso não são todas as pessoas que gostam de fazer o home office.

Mas como que você, universitário, pode passar por essa fase sem se sentir lesado pelas circunstâncias e aproveitar o estágio da melhor maneira possível? Daremos algumas dicas para que possa seguir durante o trabalho no isolamento social.

Saiba como administrar a nova rotina

Um erro de muitas pessoas no home office é achar que a nova rotina permite algumas regalias que não são possíveis no escritório.

Mas a verdade é que o trabalho em casa deve ser levado tanto a sério quanto na empresa.  Por isso o primeiro passo é organizar o local de trabalho, é necessário que seja um ambiente organizado, livre de distrações e ruídos.

Sabemos que não é uma tarefa fácil, mas é importante contar com o apoio da família nessas horas, para que eles contribuam nesse desafio.

Mesmo trabalhando em casa o período de estágio deve ser cumprido normalmente. Evite ao máximo trabalhar na cama, não fique de pijama, mantenha uma boa alimentação e sono regulado. Esses detalhes são importantes, porque é preciso acostumar o cérebro com a mudança e impedir que ele fique “preguiçoso”.

Canal aberto com o seu superior

Parte da dificuldade de trabalhar de casa pode ser a sensação de distanciamento, uma vez que, na empresa, você pode contar com a presença do seu superior e isso pode dar o sentimento de segurança.

No home office, obviamente, isso muda completamente. Se por um lado o trabalho remoto pode ser mais confortável, por outro a comunicação pode ser falha.

Existem dois pontos que merecem atenção: a comunicação só será eficaz se os gestores implementarem medidas para que isso aconteça. E há muitos meios para se comunicar e cabe a empresa entender o que melhor funciona para as equipes.

Por um outro lado, é também papel dos colaboradores contribuírem para que isso se torne possível. No caso do estagiário, é importante manter-se participativo, continuar tirando dúvidas quando elas surgirem e buscar o aprendizado sempre. Lembre-se que é essa a finalidade do estágio: aprender. E isso não muda no trabalho remoto.

Autogerenciamento

Trabalhar de casa exige mais disciplina do que o trabalho no escritório, porque é você quem deve gerenciar seu próprio tempo. Claro que mesmo a distância o seu supervisor vai lhe passar demandas e acompanhar seu trabalho. No entanto, no home office não é possível acompanhar cada passo seu.

Essa pode ser uma das tarefas mais difíceis em tempos de trabalho remoto, se tiver muita dificuldade para isso, peça ajuda para os seus colegas ou até mesmo para o seu chefe. Pergunte como eles conseguem gerenciar o próprio tempo, se usam algum tipo de ferramenta, como se organizam, etc.

Tudo isso irá ajudar muito a se autogerenciar e ter um trabalho baseado em produtividade. É uma ótima chance de desenvolver melhor essa habilidade que, certamente, será reconhecida no futuro pelo seu superior.

Cuidado com as tarefas de casa

Trabalhar de casa é também um desafio porque tudo acontece no mesmo ambiente. No escritório você não precisa parar para fazer o almoço, não existe a presença de familiares, não precisa atender a campainha, o carteiro, entre outros exemplos.

Mas o home office acaba vindo com esse ônus. É, praticamente, uma jornada dupla, então, é necessário atenção para que esses detalhes não atrapalhem o seu desempenho. Obviamente, não é possível controlar tudo, mas para ajudar, você pode fazer um cronograma de atividades do dia, isso com certeza irá ajudar no estágio, nas aulas da faculdade e nas tarefas de casa.

O trabalho remoto tem sido um desafio para todo mundo, mas também é uma oportunidade de desenvolver autoconfiança, capacidade de lidar com mudanças e proatividade, habilidades comportamentais importantes em um estagiário.

Gostou do nosso conteúdo? Continue acompanhando nosso blog para ler mais sobre dicas focadas no mercado de trabalho!

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!