Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Candidato

Você é perfeccionista? Saiba como isso pode atrapalhar seu estágio

Provavelmente você já deve ter participado de uma entrevista ou dinâmica na qual precisou demonstrar suas habilidades e destacar seus pontos fortes, certo? Sabemos que, durante essa etapa, os recrutadores estão em busca do melhor perfil para a vaga e, por isso, costumam fazer perguntas como “quais são suas principais qualidades?”. Nesse momento, muitos jovens costumam usar atributos rebuscados ou frases de efeito para tentar impressionar os recrutadores. Mas, você sabia que algumas características aparentemente positivas são vistas com “um pé atrás” por esses profissionais?

Esse é o caso do perfeccionismo – atributo que muitos candidatos costumam ressaltar por acreditarem ser um traço desejável para a vida profissional. No entanto, essa característica pode acabar trazendo limitações para o trabalho em equipe e, até mesmo, se tornar um inimigo do desenvolvimento profissional. Por isso, se você é perfeccionista de verdade, é importante que esteja atento as atitudes que podem prejudicar sua carreira pelo excesso de cobrança individual ou com seus colegas. Entenda o por quê:

Prazos

Por ter uma autocrítica elevada e sempre exigir excelência em tudo que faz, o perfeccionista pode levar um tempo maior para fazer suas tarefas como, por exemplo, um e-mail básico. Por mais simples que pareça, a pessoa é capaz de levar horas apenas para escrever, pois, perde muito tempo com a formatação do texto, revisa o que foi escrito pelo menos umas quatro vezes e utiliza palavras rebuscadas para parecer mais incrementado. Desta forma, uma tarefa que poderia durar apenas 30 minutos, pode se tornar duas horas de trabalho, o que nenhum chefe gostaria que acontecesse, afinal, é um desperdício de mão de obra para escrever um e-mail simples.

Cometer erros? Jamais!

Como diz o ditado, errar é humano, não é mesmo? Falhar em alguma atividade é comum, por isso, sempre tentamos entender o ponto principal do equívoco e aprender com isso para melhorar no futuro e não cometer o mesmo erro, certo? Mas, para os perfeccionistas essa é uma árdua tarefa, afinal, sempre estão em busca de entregarem seu melhor e, caso algo esteja fora do lugar, tendem a achar que todo o trabalho estava ruim.

Se você tem essa personalidade, uma boa opção é tentar trabalhar melhor internamente a aceitar críticas e não se cobrar tanto para ser perfeito. Mas, se você costuma se culpar muito por errar algo a ponto de afetar seu humor, talvez seja a hora de procurar uma ajuda profissional capaz de trabalhar melhor seu perfil profissional e facilitar a forma com que lida com as situações sem que se cobre muito!

Elogios

Todos nós gostamos de receber elogios depois de uma tarefa bem executada, não é mesmo? Afinal, além de massagear um pouco o ego, também recompensa toda a dedicação. Esse estímulo, quando bem utilizado pelos chefes, faz com que os funcionários se sintam mais valorizados e motivados a continuar entregando bons resultados. Mas, para quem é perfeccionista, o elogio pode soar não como um reconhecimento à excelência do trabalho, mas sim como um ato de bondade, já que pessoas muito exigentes sempre acham que algo poderia ter sido melhor. Essas pessoas podem encarar o elogio de forma negativa, como uma contentamento e não um reconhecimento genuíno. Por isso, quem costuma desmerecer o elogio quando o trabalho é verdadeiramente digno de congratulação, precisa ficar atento ao excesso de cobrança e tentar se sentir feliz com o resultado alcançado.

Não existe “meio termo”

Normalmente, quando se trata da qualidade do trabalho, para muitos perfeccionistas não existe meio termo, ou a qualidade do serviço está perfeita ou péssima- isso vale tanto para quem entrega quando para quem avalia. Mas, para uma pessoa que apenas é exigente com seu trabalho, é possível reconhecer com mais facilidade o grau de qualidade de cada serviço apresentado, seja o seu, do seu colega ou da equipe. Entre o excelente e o péssimo, existem outros níveis de satisfação que podem ser muito bem usados para suas atividades e a de outras pessoas, por isso, não se cobre tanto e nem de seus companheiros, tente sempre ser mais razoável. Afinal, o que é demais prejudica não só seu relacionamento com os amigos, mas também sua saúde, por se cobrar tanto.

Se você quer aprimorar ainda mais seu perfil, não perca as postagens do nosso blog, aqui você sempre encontra dicas para aumentar sua competitividade e se destacar no mercado de trabalho. Também estamos no Facebook e no Youtube, confere lá! Está em busca de uma oportunidade? Então se inscreva gratuitamente no nosso site. Assim, você se candidata as melhores vagas de estágio e trainee do mercado e aumenta suas chances de começar a carreira com o pé direito!