Blog

Carreira

Por que trocar de estágio pode ser uma boa opção?

Mudar pode gerar muita ansiedade e medo, especialmente entre os jovens que, naturalmente, já enfrentam muitas transformações nessa etapa da vida. Conseguir um estágio é um dos principais desafios enfrentados pelos estudantes e, justamente por isso, é muito importante saber identificar as oportunidades que irão surgir. Por ser essencial na formação de alguns cursos, muitos alunos se adiantam na busca do estágio com o desejo de consegui-lo o quanto antes. Porém, o que fazer quando você consegue a tão sonhada vaga, mas não está satisfeito com a experiência? Certamente bate aquele medo de mudar e se arrepender ou pior, perder essa chance tão importante de aprendizado. Decidir sair de um estágio e partir para outro sem dúvida é algo que gera receio, porém, quando a mudança é bem planejada, ser muito benéfica e, até mesmo, te ajudar a impulsionar sua vida profissional. Se este é o seu desejo, mas você ainda tem dúvidas em relação a isso, saiba quais sinais podem indicar que mudar é a melhor opção.

Mudar é evoluir

O principal objetivo do estágio é proporcionar ao estudante uma amostra da carreira que ele irá enfrentar futuramente, ajudando-o a identificar as diferentes áreas de atuação dentro da sua profissão e escolher aquela que mais lhe agrada. Neste sentido, permanecer na zona de conforto pode fazer com que você não explore todas as vertentes possíveis, ficando estagnado.

Por isso, o ideal é que o jovem usufrua ao máximo as experiências que determinado estágio lhe proporciona e analise se é possível progredir naquele ambiente. Mudar de projeto ou setor pode lhe dar a oportunidade de ampliar sua visão profissional e, até mesmo, suas chances de aperfeiçoamento. Porém, se você vê que não é possível evoluir, talvez seja a hora de mudar.

Se você está pensando em trocar de empresa, saiba que não há um momento certo para que isso ocorra, só quem tomar essa decisão é você. Alguns fatores devem ser colocados no papel para que essa decisão seja tomada, tais como: volume de trabalho, convivência com os colegas, remuneração e saber o quanto gosta do que faz. Se esses elementos não estiverem em sintonia ou se já tiverem acrescentado o máximo de seu conhecimento na área, talvez seja o momento de mudar. Também não há problema nenhum em querer continuar, se você está satisfeito e essa oportunidade irá lhe render bons frutos no futuro, persista.

Hora de explorar

Durante o período da faculdade é normal gostarmos mais de uma matéria e nem tanto de outra. Muitos podem ser os fatores para que isso aconteça como, por exemplo, às vezes a disciplina não foi apresentada de uma forma que te conquistasse ou você não foi muito com a cara do professor. Porém, na vida profissional isso pode ser diferente, talvez você tenha que agarrar a oportunidade que surgir, mesmo que ela não seja a sua preferida.

Essa experiência pode ser, até mesmo, uma agradável surpresa, pois aquilo que você considerava enfadonho na faculdade, pode se apresentar de uma maneira totalmente diferente na prática. Explorar as diferentes áreas de uma mesma profissão faz com que você desenvolva um perfil mais completo e seja mais competitivo no mercado de trabalho. Justamente neste ponto, a vivência do estágio pode fazer toda a diferença.

Existem cursos que possuem inúmeras variáveis como, por exemplo, o de jornalismo. Dentro dele há diferentes áreas: assessoria de imprensa, radiojornalismo, telejornalismo, jornalismo impresso, comunicação interna, jornalismo digital, jornalismo literário, etc. Já pensou em quantas opções de estágio você pode ter para explorar essas disciplinas? O momento certo de explorar esses diferentes segmentos é o período de estudo em uma universidade, por isso esteja aberto a todos os futuros aprendizados. Quem sabe assim a pior matéria não se torne a que você mais gosta?

Benefícios mais atrativos

Apesar do estágio não ser necessariamente uma atividade remunerada, muitos jovens veem nessa oportunidade uma chance de iniciar seus ganhos. A bolsa auxílio, embora não obrigatória, pode ser de grande ajuda na hora de pagar a faculdade, colaborar nas contas de casa ou, simplesmente, lhe proporcionar certa independência financeira. Justamente por isso, muitos jovens a consideram um dos principais pontos a serem avaliados numa vaga.

Se você não está satisfeito com o que recebe atualmente e não vê perspectiva de mudança, considere procurar outra oportunidade. Um novo estágio pode significar uma nova oportunidade de melhorar a questão financeira, isso porque existem empresas que investem em bons salários para seus aprendizes, além de outros benefícios como plano odontológico, de saúde, vale refeição, vale transporte e até mesmo cursos de especialização. Porém, não leve em conta apenas o retorno financeiro. Lembre-se que o estágio pode lhe render muito mais frutos no futuro, através do conhecimento adquirido e, quem sabe, um cargo efetivo dentro da empresa.

Outro ponto importante: Se você acha que não está sendo devidamente valorizado, ou está exercendo funções demais, fique atento se as suas funções obedecem ao plano de estágio. É preciso ficar alerta para que a oportunidade não seja descaracterizada e você acabe assumindo responsabilidades que fogem da proposta do programa.

O que fazer antes de mudar, de fato?

Conversar com os familiares

Muitos estudantes usam a remuneração do estágio para ajudar em casa e até mesmo pagar a faculdade, por isso uma conversa com os pais é fundamental para a tomada de decisão. Se você ainda estiver em dúvida se deve ou não mudar de estágio, uma conversa franca com sua família pode ser decisiva. Afinal, eles possuem mais experiência e conhecem a realidade do mercado de trabalho. Juntos vocês podem pesquisar características da empresa e avaliarem se a troca de estágio pode ser melhor ou não para seu futuro e aprendizado.

Seja cordial na despedida

Caso sua decisão seja positiva para a troca de estágio, avise o quanto antes seu supervisor para que ele possa providenciar sua saída e a admissão de outro estagiário. Pedir alguns dias para organizar seu desligamento da empresa não fará com que seu futuro chefe te veja de forma negativa. Pelo contrário, essa será uma atitude vista com bons olhos, pois você estará mostrando respeito ao local em que trabalhou e valorizando sua relação com os colegas. Ao se despedir dos companheiros de trabalho e o chefe, agradeça por cada momento vivido que te fizeram crescer como profissional e deixe a porta aberta para uma possível futura oportunidade, afinal ninguém sabe o dia de amanhã.

É importante lembrar que o estágio é o momento do estudante, por isso querer mudar de local de trabalho não dever ser visto como algo ruim. Muitos podem ser os fatores para querer que a mudança aconteça: estar insatisfeito com a remuneração, ter medo de sair de onde trabalha, etc. Se você já possui um estágio e quer trocar ou, ainda não teve a oportunidade correta, visite a página de vagas da Companhia de Estágios. Se ainda não for inscrito em nosso site, acesse agora e garanta uma boa oportunidade de crescer profissionalmente.

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!