Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Candidato

Inspire-se: 4 profissionais renomados que começaram a carreira como estagiários

Existe um ditado chinês que se aplica perfeitamente à carreira de qualquer profissional: “As torres mais altas começam do chão”. Isso porque mesmo os projetos mais audaciosos precisam de um primeiro passo. Você que está se candidatando ou participando de um estágio provavelmente sabe que está encarando uma etapa importante para sua formação. Porém, o que você talvez ainda não tenha percebido, é que essa atitude pode ser o primeiro tijolo da sua própria “torre”.

LEIA TAMBÉM
Programa de Estágio Clariant 2019: inscrições estão abertas
Programas de estágio da Amazon e AkzoNobel seguem abertos
Sanofi busca estagiário para Marketing Digital; Medley, para Engenharia de Máquinas
Home office: conheça atividades que permitem a modalidade! Estagiários também podem?

Para muitos estudantes, é difícil enxergar como essa experiência pode impactar suas vidas, porém, vários profissionais renomados, alguns cujos nomes você certamente conhece, começaram suas carreiras por meio do estágio. Muitos deles, inclusive, viram na atividade a chance de projetar seus talentos, ajudando-os a mudar não só suas próprias vidas, como a de milhares de pessoas. Famosos e bem-sucedidos, esses profissionais também começaram de baixo e devem ser uma inspiração para você que já é ou que almeja ser um estagiário:

Steve Jobs

Os smartphones e computadores pessoais dificilmente seriam como conhecemos hoje (ou sequer existiriam) se não fosse pela mente desse gênio moderno. Porém, os feitos de Steve Jobs, co-fundador e, por vários anos, CEO da Apple, começaram muito antes da criação do Iphone ou da popularização do PC. Aos – impressionantes – 12 anos, o megaempresário já dava os primeiros passos de sua carreira; e mais surpreendente do que sua pouca idade, foi a atitude que lhe conferiu um estágio dentro da Hewlett-Packard, a famosa HP. Na época, Steve estava precisando de peças para um “projeto pessoal” e, para consegui-las, decidiu ir direto à fonte: procurou por certo nome na lista telefônica, ligou e foi atendido por nada mais, nada menos que Bill Hewlett, um dos fundadores da HP. Depois de uma conversa de 20 minutos, não só conseguiu as peças que precisava, como uma temporada de estágio na empresa; trabalhando na montagem de contadores de frequência. De acordo com o próprio Jobs, apesar de ser um trabalho duro, o entusiasmo de estar trabalhando naquele lugar superava tudo e a experiência lhe proporcionou muito aprendizado.

Christine Lagarde

Uma das 10 mulheres mais influentes da atualidade, segundo o ranking de 2016 da revista Forbes, a advogada e política francesa Christine Lagarde é um dos nomes mais respeitados do mundo quando o assunto é economia. E a primeira mulher a ocupar o cargo mais alto do Fundo Monetário Internacional (FMI), deu os primeiros passos de sua trajetória profissional como estagiária no Capitólio dos Estados Unidos em um período particularmente turbulento para a política americana. No início da década de 70, o país vivia o escândalo Watergate que, anos depois, culminou na renúncia do então presidente Richard Nixon. Em 1974, o congressista William Cohen trabalhava reunindo provas para um possível julgamento de Nixon, contudo, durante as audiências dos envolvidos, surgiu a necessidade de um tradutor, capaz de fazer a interlocução com os partidários franco-canadenses. Coincidentemente Lagarde, em intercâmbio no país, tinha começado seu estágio no Capitólio justamente naquele período. A oportunidade de estágio conferiu a francesa o cargo de assistente parlamentar de Cohen, ajudando-o nas audições do caso. A experiência foi crucial para que a futura advogada desse seus primeiros passos dentro da política, acumulando experiências que a levariam, décadas depois, ao cargo de direção do FMI. Hoje, Lagarde trabalha para estabilizar a economia ao redor do planeta e à frente da organização desde 2011, adota políticas que ampliem a participação feminina na economia mundial.

Steven Spielberg

Mais do que um exemplo de ousadia, Spielberg é um exemplo de determinação. Hoje conhecido como um dos cineastas mais premiados da história da 7ª arte, Steven Spielberg poderia facilmente ter rumado outros caminhos, caso desse ouvido às negativas no início da carreira. Para se ter uma ideia, o diretor de filmes como “ET – o extraterrestre”, “Tubarão”,  e “ “Jurassic Park” foi, por incrível que pareça, recusado no curso de cinema da Universidade da Califórnia. Porém, persistiu em seu objetivo e conseguiu, justamente, num estágio a grande chance de demonstrar o seu talento. Aos 17 anos, o então estagiário da Universal Studios ousou quebrar as regras e produzir seu próprio filme, coisa que não poderia fazer em seu cargo “não oficial” (e não remunerado, por sinal). Porém, quando o material chegou às mãos dos maiorais da companhia, Spielberg não só agradou como ganhou uma vaga de produtor da Universal. Aliás, na época, foi o diretor mais jovem a assinar um longo contrato em Hollywood. O curta metragem “Amblin” foi tão significativo para sua trajetória profissional que, anos mais tarde, Spielberg batizou sua própria produtora com este nome.

Oprah Winfrey

Se existe uma palavra que define a trajetória de Oprah Winfrey é: superação. A dama da TV americana e também uma das mulheres mais influentes do século XXI teve que enfrentar desafios desde muito cedo: pobreza, abandono dos pais, racismo e, até mesmo, abuso. Porém, mesmo em meio à infância turbulenta, Oprah tinha um sonho maior para si e durante as suas idas à igreja com sua vó, onde fazia a leitura da Bíblia, descobriu sua aptidão para oratória e o talento para falar em público. Embora ainda tenha enfrentado muitos outros problemas ao longo de sua adolescência, a americana se manteve focada no plano de se tornar uma comunicadora. Profundamente dedicada aos estudos, foi vencedora de um concurso de locução que lhe garantiu vaga na Universidade do Tennessee, onde foi aluna de Comunicação Televisiva.  No final da década de 60, em seu estágio na rádio WVOL , Oprah já ocupava o posto de âncora, dando as notícias do plantão local. Permaneceu ali nos dois primeiros anos de sua faculdade e, pouco tempo depois, se tornou não só a única, mas a mais jovem negra à frente de um programa jornalístico em Nashville. A partir de então, a carreira da apresentadora foi marcada por consecutivas conquistas: seu próprio talk show, liderança absoluta de audiência, entrevistas exclusivas, abertura de sua própria produtora e muitos outros feitos. Atualmente, de acordo com a Revista Forbes, Oprah ocupa o segundo lugar na lista das mulheres mais ricas do mundo, cujo patrimônio foi construído por elas mesmas – sua fortuna está estimada em mais de 3 bilhões de dólares.

Inspirador, não? Pois saiba que seu estágio também pode ser o início de sua trajetória de sucesso. Para isso, não se esqueça das lições desses profissionais: determinação, perseverança, dedicação aos estudos e, acima de tudo, fé no seu talento. E para conseguir dar esse primeiro passo, conte com a gente: inscreva-se agora no site da Companhia de Estágios e receba as melhores vagas de estágio, capazes de alavancar sua carreira.