Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Candidato

Quer ser psicólogo? Saiba as áreas em que pode atuar

Muitas vezes compreender o que passa pela cabeça de amigos e familiares não é tarefa fácil. Saber as situações e as experiências que levaram uma pessoa a ser como ela é, é instigante para os apaixonados pela mente humana. Geralmente, quem tem o dom de ajudar outras pessoas ouvindo e aconselhando, tem certa aptidão para a psicologia, uma profissão cada vez mais requisitada nos dias atuais.

Com tantas situações de estresse e conflitos das relações humanas no cotidiano, é normal que cada vez mais pessoas sejam diagnosticadas com distúrbios que não precisem, necessariamente, de tratamento medicamentoso, mas de reflexão e auto compreensão para que aprendam a lidar com seus problemas. É aí que entra a figura do psicólogo: profissional apto a ouvir, analisar e compreender o pensamento humano, aplicando métodos que ajudem a solucionar ou atenuar transtornos de ordem psicológica.

Especializados na mente humana, essas pessoas têm a oportunidade de atuar em mais de 15 seguimentos dentro da sua área de conhecimento. E, se você deseja seguir essa carreira ou está prestes a começar a especialização, separamos os principais ramos de atuação de um psicólogo para que você conheça melhor sua futura carreira.

Escolar

O psicólogo escolar, apesar de muito confundido com o psicopedagogo, atua mais com a equipe de funcionários do ambiente acadêmico realizando diagnósticos, intervenção corretiva em grupo ou individual. Além disso, ajuda o corpo docente a desenvolver e aplicar projetos pedagógicos, novos procedimentos e políticas educacionais.

No ambiente administrativo de uma escola, participa de programas de orientação profissional e integra seus conhecimentos com os demais profissionais da área da educação para realizar trabalhos visando melhores resultados nos objetivos da instituição.

Psicopedagogia

O psicopedagogo é o profissional responsável por intervir, investigar e colaborar nos processos de ensino e nos conteúdos acadêmicos, além de ajudar ativamente na melhoria do desempenho e convívio dos estudantes, para que possam melhorar não só o aprendizado, mas também sua relação com os colegas. O especialista também é responsável por trabalhar a postura, o processo de aprendizagem e o autoconhecimento dos alunos, estimulando a autonomia e independência no processo de conhecimento.

Basicamente, o psicólogo desta área realiza o entendimento, levantamento e detalhamento das práticas escolares e as relações de aprendizagem; oferece suporte psicopedagógico, mapeia possíveis erros que dificultam o aprendizado dos estudantes e melhora a qualidade do desempenho escolar desses jovens.

Do esporte

Como o próprio nome diz, o psicólogo dessa área atua com atletas de alto rendimento, técnicos e comissões técnicas, fazendo com que maximizem seu treino, melhorem sua performance e mantenham uma boa saúde mental. Este profissional é essencial para que atletas, comissões e times saibam lidar com situações comuns no esporte como relacionamento de equipe, afastamentos (lesões e acidentes), competitividade, vitórias e derrotas.

O especialista em psicologia do esporte é o responsável por desenvolver, diagnosticar e aplicar instrumentos que melhorem a capacidade motora e cognitiva direcionada à prática esportiva. Além disso, o profissional realiza estudos e pesquisas individuais e em equipe para observar o comportamento do paciente em diversas situações. O psicólogo também é fundamental para orientar pais e responsáveis na escolha da modalidade esportiva adequada para as crianças.

Organizacional e do trabalho

O profissional desse seguimento é responsável por analisar a ação humana nas instituições, desenvolvimento de equipes, seleção de candidatos, consultoria organizacional, estudo e planejamento das condições de trabalho. Capaz de desenvolver, analisar e orientar casos de saúde do empregado, o profissional também participa de programas e atividades na área da segurança do trabalho.

O psicólogo também atua como consultor para o desenvolvimento das organizações, ajudando a planejar e desenvolver ações que equilibram as relações de trabalho, oferecendo maior produtividade e realização pessoal dos grupos ou individualmente. Além disso, ele participa do processo de demissões, inclusive em massa, de funcionários e preparação dos trabalhadores para suas respectivas aposentadorias.

Clínica

Essa talvez seja a área mais conhecida da psicologia, isso porque o profissional que opta por esse seguimento é capaz de atuar em diversos contextos visando diminuir o sofrimento das pessoas e levando em conta toda sua complexidade. Particularmente, atua no estudo, diagnóstico e prognóstico em situações de crise e desenvolvimento de quadros psicopatológicos. Além de atuar para diversos casos e situações, esse profissional atende gestantes durante a gestação, parto e pós-parto, para que a mulher possa compreender melhor suas emoções e as transformações do seu corpo.

Jurídica

O profissional de psicologia também pode atuar no âmbito da Justiça, avaliando e diagnosticando as condições emocionais e intelectuais das crianças, adolescentes ou adultos que estejam envolvidos em processos jurídicos. Dentre os diversos casos, o psicólogo pode trabalhar em casos de deficiência mental e insanidade, testamentos contestados, posse e guarda de crianças, inclusão em lares adotivos.

As áreas em que o especialista pode atuar são: varas criminais, cíveis, Justiça do Trabalho, da criança e do adolescente, da família, pareceres e perícias e elaboração de laudos, etc.

Se você deseja ser um psicólogo, saiba que também precisará se consultar com um profissional da área ao longo de sua carreira. Afinal, essa é uma profissão que exige, sobretudo, boa clareza e saúde mental e assim como qualquer pessoa, você também precisa ser ouvido, não é mesmo?

Para continuar lendo dicas úteis como essas, não deixe de acompanhar o blog da Companhia de Estágios, aqui você fica por dentro de tudo sobre carreira e mercado!