Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Vídeos

As lições de Eduardo Marques, diretor de RH do Grupo Fleury

Enquanto autoridades e cientistas batem cabeça para descobrir um caminho seguro entre a flexibilização e o isolamento por conta do coronavírus, líderes buscam saídas estratégicas para manter a saúde das pessoas e o funcionamento da operação. Mas como proteger os funcionários da doença? Como manter o engajamento de quem está na linha de frente há cinco meses? E como coordenar a volta ao escritório?

Na #8 live da Companhia de Estágios, Eduardo Marques, diretor executivo de RH e sustentabilidade do Grupo Fleury, um dos mais conceituados laboratórios do país, conta o que a companhia fez para enfrentar os desafios da pandemia. “A situação é tão inusitada que só passa bem por ela quem possui uma equipe de liderança coesa, que se preocupa em primeiro lugar com o cuidado das pessoas”, diz o executivo.

ASSISTA A NOSSA LIVE #8

De acordo com ele, em momentos complexos como o atual, o RH precisa ser flexível e ágil na tomada de decisão. No Grupo Fleury, por exemplo, foi preciso readequar a força de trabalho para atuar mais com os serviços domiciliares, intensificados na pandemia. “Reequilibramos as escalas, criamos drive-thru nas unidades, aproveitamos os nossos ativos digitais com o time do Fleury Lab. Nosso CEO [Carlos Alberto Iwata Marinelli] diz que ‘fizemos quatro anos em quatro meses’.”

Segundo Eduardo, um dos grandes aprendizados da crise foi a importância da colaboração. Não só da porta para dentro, mas também da porta para fora. “A colaboração entre RHs de diferentes companhias foi fundamental no começo, porque não tínhamos histórico algum para basear nossas decisões. Focamos o essencial, o nosso propósito.”

Controlando o estresse

Na conversa com Tiago Mavichian, CEO da Companhia de Estágios, e Fabricio Treviso, gerente de marketing, Eduardo compartilhou as ações do Fleury para gerenciar o estresse e a ansiedade das equipes. “Não existe uma bala de prata, a principal ferramenta é a escuta. Fizemos questão de ouvir as pessoas. Realizamos pesquisas curtas para entender como elas se sentiam, se estavam informadas, se tinham confiança na organização”.

Acompanhe as vagas abertas na Companhia de Estágio!

Para proteger a saúde física e mental dos colaboradores, o grupo de medicina diagnóstica reforçou a divulgação de conteúdos sobre a doença e sua prevenção e envolveu o corpo técnico nas discussões de RH para criar um protocolo claro de enfrentamento do covid-9.

“Não tem curso de graduação ou MBA que ensine melhor sobre gestão de crise do que uma crise como essa que estamos passando”, diz Eduardo. Segundo ele, a estratégia foi criar subcomitês temáticos, como o médico, o de treinamento e desenvolvimento, o de comunicação. “No início, nos reuníamos diariamente para avaliar propostas e resolver problemas. Hoje, temos encontros ao menos uma vez por semana com subcomitês, diretoria e o nosso CEO para continuar fazendo as movimentações necessárias.”

Digitalização

Para Eduardo, o Grupo Fleury passou por uma transição, não por uma transformação digital. “A tecnologia já faz parte da nossa realidade. Em 2019, estávamos falando em aplicativos e investindo no Fleury Labs. Na pandemia, tivemos 40% dos agendamentos sendo feitos por WhatsApp e 45% dos clientes elegíveis fazendo check-in digital. Isso mostra que as pessoas estão abertas para esse movimento.”

A guinada digital também aconteceu com o RH. A universidade corporativa adaptou treinamentos para o mundo virtual; a área de comunicação organizou palestras online; e a plataforma de ciclo de desempenho ganhou protagonismo: já são mais de 5.000 feedbacks trocados entre os funcionários.

Para assistir ao bate-papo completo e saber com detalhes o que esse gigante da área da saúde fez para proteger os colaboradores e adaptar os rumos do negócio, assista ao vídeo na íntegra.

Não deixe de se inscrever no canal da Companhia de Estágios no YouTube. E, claro, ative o sininho para ficar por dentro das nossas lives com alguns dos mais importantes executivos país.

Veja também a live com Sérgio Fajerman, diretor executivo de RH do Itaú Unibanco

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!