Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
RH

Baixe e-book com estudo exclusivo sobre os impactos da pandemia para estagiários no Brasil

A pandemia criou um cenário de fragilização financeira para os estagiários e candidatos a estágio no Brasil. Com o desemprego em alta, muitos estudantes passaram a colaborar mais no orçamento de casa: 75% deles afirmam contribuir de alguma maneira com o orçamento familiar.

Esta é a conclusão de uma pesquisa exclusiva da Companhia de Estágios. Com 5.155 profissionais, o levantamento traz um mapeamento completo do perfil socioeconômico dos jovens,  além de mostrar motivações, percepções e dificuldades de quem está entrando no mercado de trabalho.

“Muitos brasileiros foram dispensados de seus trabalhos na pandemia. Portanto, é esperado que haja esse movimento entre os jovens empregados de contribuir mais em casa”, alerta Tiago Mavichian, CEO da Companhia de Estágios. De fato, o número de respondentes que afirmaram estar procurando trabalho para ajudar a família aumentou de 17% para 20% no último ano.

Não à toa, o índice de pessimismo cresceu 100% entre os mais jovens — saltando de 9% em 2019 para 18% neste ano.  “Ano passado havia um clima de otimismo, porém, neste ano, o coronavírus mudou esse sentimento e trouxe uma sensação de falta de perspectiva”, explica Mavichian.

Baixe o estudo completo

Por outro lado, a pesquisa identificou que os universitários estão investindo mais nos estudos. Neste ano, por exemplo, 29% dos entrevistados afirmaram estar fazendo cursos complementares na área de formação. No ano passado, eram 25%. E há uma série de outros apontamentos importantes.

  • Desenvolvimento vale mais que remuneração: 69% disseram buscar estágio pela oportunidade de aprendizado, contra 20% que pensam em efetivação; 8% em salário e 3% na distância de casa.
  • Os estudantes estão usando menos o Facebook para buscar emprego: houve queda de 62% nos últimos quatro anos. Já o LinkedIn disparou na preferência, com crescimento de 87% no mesmo período.
  • Metade dos respondentes não se sente preparada para o mercado de trabalho formal e diz precisar de mais experiência profissional.

Nosso material traz uma série de insights para trabalhar ações de experiência do funcionário, desenvolvimento, recrutamento e employer branding. Baixe agora!

Quer mais informações sobre o mundo do RH? Assista às nossas lives:

As dicas da RH da Danone para atrair e desenvolver talentos 
A transformação cultural do Next, banco digital do Bradesco
O que as Melhores Empresas para Trabalhar fazem de diferente?
Os mitos e as verdade sobre o trabalho home office

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!