Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Candidato

Painel de Negócios: como se destacar nesta etapa da seleção

como se dar bem no painel de negócio

Entender como funciona um painel de negócios (ou painel com os gestores) é essencial  para o candidato que está em busca de uma vaga de trainee ou estágio.

Com esse artigo, o candidato irá entender um pouco mais sobre a proposta dessa dinâmica. 

Essa etapa é um dos tipos de entrevista mais comuns em processos seletivos, e une finalistas e gestores, sendo decisiva para a escolha do novo profissional.

Por isso, separamos diversas dicas para quem quer se destacar nesta etapa. Vem com a gente!

Leia também: Dinâmica de grupo na entrevista: conheça as melhores estratégias para se destacar

O que é o painel de negócios?

O painel de negócios é uma das últimas etapas do processo seletivo e acontece após as entrevistas e os testes individuais.

É nesse momento que o candidato tem acesso, não apenas aos recrutadores, mas aos gestores, coordenadores e líderes da empresa. 

O objetivo dessa etapa é oferecer desafios reais do cotidiano da companhia para que, reunidos em grupos ou individualmente, os candidatos encontrem uma resolução para o problema apresentado. 

Ou seja, trata-se de uma oportunidade para os profissionais demonstrarem características importantes, como raciocínio lógico, organização, resolução de conflitos, criatividade e coerência. Os perfis que se destacam têm maior chance de ser contratados. 

Diferenças entre dinâmicas de grupo e painel de negócios

A maior diferença entre uma dinâmica em grupo e um painel de negócios é a presença de gestores, líderes e coordenadores da área quem que a vaga está disponível.

Por outro lado, durante uma dinâmica em grupo, participam apenas recrutadores e os responsáveis pelo RH da companhia. Assim, o método de avaliação fica ainda mais correto e direto.

Utilizando os próprios gestores da área, o candidato consegue ter um contato maior com as suas tarefas e responsabilidades. Além disso, não há ninguém mais adequado para escolher um novo membro da equipe do que o próprio líder!

Dicas para se dar bem em um painel de negócios

Uma outra curiosidade, é o fato de todos serem extremamente competentes para a vaga. Isso acaba aumentando a percepção de competição e deixando o estudante ainda mais nervoso, já que todos ali são concorrentes diretos.

Por isso, é essencial ser você mesmo e conferir as nossas dicas para conquistar a tão sonhada vaga!

painel de negócios apresentação pessoal

Conheça mercado, concorrentes e produtos da companhia

Estudar a empresa e o mercado na qual está inserida é a melhor dica para se destacar em um painel de negócios. 

Dessa forma, é essencial entender os principais desafios da companhia e traçar as melhores oportunidades de crescimento da empresa que está se candidatando dentro daquele segmento. 

Para ajudar a melhorar sua capacidade de trazer nossas soluções de melhorias, a dica é procurar por novas informações sobre a instituição, como seus concorrentes e o histórico de vendas de seus produtos e serviços. 

Os gestores estão buscando perfis proativos, então fazer uma análise de relatórios anuais, buscar por reportagens e até mesmo fazer um estudo sobre o segmento vão te dar um super destaque durante o painel de negócios. 

Nada de ler só o site da empresa, hein! Para algumas empresas, os candidatos acabam buscando mais detalhes sobre ações de marketing da companhia e tentam conversar com os atuais colaboradores.

Essas atitudes farão bastante diferença para se ambientar sobre a realidade da empresa. 

Além disso, vale destacar que se a empresa for uma multinacional, é possível encontrar um leque de novas informações, como notícias de veículos de informação internacionais.

A página de carreira também é um ótimo lugar para conhecer a empresa a fundo, nela o candidato irá encontrar a cultura e valores da companhia. 

Ou seja, tudo o que o candidato conseguir apurar ajudará na solução do caso proposto no painel de negócios. E a preparação é vital neste processo. 

Antecipe-se às possíveis perguntas

É comum que as soluções propostas pelos candidatos sejam questionadas pelos gestores de forma direta. Conseguir defender seus pontos com firmeza e clareza é um grande diferencial. 

Nesta hora, quanto mais informações tiver sobre a organização, mais fácil será fazer a argumentação e oferecer os contrapontos.

Para isso, o candidato deve prever que tipo de pergunta os recrutadores podem fazer sobre o projeto, elaborando previamente uma boa resposta. Essa ação irá mostrar com clareza aos gestores qual foi a linha de raciocínio utilizadas para chegar a tal conclusão. 

Lembrando que quanto mais inovadora for a ideia, melhor, já que um perfil criativo chama muita atenção da liderança e dos recrutadores!

Treine sua apresentação pessoal

Outra dica é entrar na sala do painel com propriedade sobre quais são seus objetivos profissionais e, principalmente, pontos fortes e fracos de sua personalidade.

Assim como os motivos que fazem desejar a vaga e a empresa, é preciso ter na ponta da língua detalhes da formação, hobbies, história de vida e motivações.

Perguntas sobre objetivos profissionais e planos pessoais são frequentes durante um painel de negócios e ter uma apresentação pessoal esquematizada, com qualificações e pontos de melhorias, ajudará o gestor a entender um pouco mais sobre seu perfil.

Não é novidade que os gestores buscam encontrar entusiasmo, energia e vontade de aprender. Use essa informação ao seu favor e saiba vender seu peixe!

Portanto, não tenha receio de fazer perguntas e tirar dúvidas durante o painel. Candidatos engajados e ativos, que demonstram interesse e curiosidade, saem na frente. 

Além disso, a parte técnica avaliada no painel não é apenas sobre o conhecimento em si, mas também sobre a maneira como o profissional estrutura a sua linha de raciocínio

A capacidade de atuar de modo multidisciplinar e de fazer links é uma das competências mais desejadas pelos empregadores nos dias de hoje.

Confira nosso artigo e saiba como se comportar em um processo seletivo!

Conclusão

Os painéis de negócios podem sofrer diversas modificações de acordo com cada empresa. Como exemplo, existem processos seletivos que exigem conhecimentos específicos, como o inglês.

Porém, alguns não pedem nada de diferente em um candidato. É sempre importante lembrar que há espaço para todo mundo. 

Como as organizações têm culturas, valores e prioridades bem diferentes, convém lembrar que não existem fórmulas nem receitas para ser aprovado nos processos. O principal cuidado nesta etapa do processo é não passar por cima dos outros candidatos

Em vez de cortar a fala dos outros, é recomendado que o candidato espere a sua vez de falar e sempre buscar contribuir de forma relevante para o processo. Assim, mostra ser colaborativo e generoso.

O mais importante é ser você mesmo e mostrar a essência e a personalidade acima de tudo, sendo objetivo na parte técnica e transparente na comportamental. 

Lembre-se: a convocação para o painel de negócios é um sinal de que o candidato passou por diversas provas e, realmente, está muito próximo de ser aprovado. Se não deixar a ansiedade ou a insegurança falarem mais alto, a chance de se dar bem é grande. 

Redação na entrevista de emprego? Veja dicas para mandar bem e se destacar