Blog Carreira & Mercado

Novas vagas
Candidato

Como o mercado vê os estagiários mais velhos

Quando você pensa em estagiário logo à sua cabeça a imagem de um jovem estudante buscando a primeira experiência no mercado de trabalho? Isso é, realmente, o que muitos têm em mente, porém essa realidade vem mudando, pois cada vez mais adultos e, até mesmo, idosos estão ingressando nas universidades e, consequentemente, buscando vagas de aprendizado.

Isso, mesmo! Você não leu errado, há cada vez mais “jovens” idosos em busca de novos desafios ou mudança de profissão após retomarem os estudos. Aliás, segundo pesquisa realizada pelo Grupo de Conjuntura do Ipea, em apenas uma comparação entre o segundo e o quarto semestre de 2014, o público mais velho (após os 59 anos) teve um aumento de 132% de desemprego. Preocupante? Não para quem tem vontade de se renovar e seguir um novo caminho!

Atualmente, é comum vermos pessoas mais velhas frequentando as universidades – muitos deles já têm boa vivencia profissional, mas decidiram fazer o que sempre sonharam ou simplesmente conquistar um diploma. Se você está nessa situação, saiba que essa pode ser a sua chance de voltar ao mercado de trabalho como estagiário para se renovar profissionalmente e, por que não, transmitir sabedoria aos mais “novinhos”?

O que conta é a experiência

Dizem que com a idade surgem grandes responsabilidades e, com elas, a experiência. E é esse o principal diferencial de um estagiário com idade superior a 40 anos. Isso porque alguns cargos exigem um alto grau de compromisso e se encaixam melhor para pessoas mais experientes.

Embora o estágio não exija qualquer vivência profissional prévia, contar com uma pessoa que já sabe lidar com a pressão do ambiente corporativo pode ser oportuno para setores gerenciais ou presidenciais, por exemplo. Logo, a maturidade de um estagiário mais velho pode se um grande trunfo no processo seletivo, por isso, tente compartilhar suas experiências de trabalho durante a seleção para aumentar suas chances!

Choque de gerações

Normalmente empresas de grande porte têm uma quantidade significativa de jovens na equipe, por isso, estagiários mais velhos podem se sentir um pouco “deslocados” em alguns momentos, justamente, pela diferença de interesses e idade. Porém, essa parceria pode ser extremamente benéfica, quando bem orientada.

Aliás, as instituições têm buscado cada vez mais mesclar o quadro de funcionários e estagiários por conta do encontro de gerações que, geralmente, resulta em uma boa convivência e projetos interessantes. Isso porque as empresas podem usufruir da experiência dos mais velhos e da criatividade dos mais jovens para alavancar os negócios.

Old but gold!

Estagiar após certa idade parece ser loucura para uma geração que cresceu com a ideia de escolher uma única profissão e segui-la até a aposentadoria, mas a verdade é que a crise econômica do país e a vontade de experimentar novos ares fizeram com que pessoas mais experientes buscassem seguir outros caminhos. E isso, segundo pesquisas, é o que desperta o interesse de muitos recrutadores.

Normalmente, as empresas costumam olhar as pessoas mais velhas com bons olhos, pois sabem que esses são mais maduros que os jovens, mais pacientes na realização de tarefas e, que costumam alcançar posições de liderança com mais facilidade por já ter experiência de vida e serem mais comunicativos. Além disso, quem encara o desafio de se renovar após uma vida inteira de trabalho evidencia uma característica extremamente desejável para as empresas: resiliência!

Nunca é tarde para aprender

Com o aumento da expectativa de vida, muitos profissionais viram que não é hora de se aposentar, mas sim, de realizar aquele sonho que ficou em segundo plano. Por isso, é perceptível a presença dos idosos nas faculdades em busca de qualificação ou até mesmo de uma nova profissão. Aliás, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Nacional (Inep), de 2014 para 2015 o número matriculados dessa faixa etária cresceu 8,5%. Esse cenário demonstra que não é só o perfil do estagiário que está mudando, mas também da própria terceira idade que, na realidade, está mais ativa do que nunca!

Não importa se você tem 17, 20, 30, 50 ou mais de 60 anos, a hora de correr atrás da profissão dos seus sonhos é agora, ainda mais com tantas empresas à procura de estagiários. Quer ficar por dentro de todas as oportunidades? Se inscreva gratuitamente no site da Companhia de Estágios e receba as melhores vagas. Acompanhe também nosso canal do YouTube, e curta nossa página no Facebook, assim você não perde nenhuma dica!