Blog

Artigos, Carreira, Opinião,

Tecnologia no processo seletivo facilita o recrutamento à distância – aponta Companhia de Estágios

Investimento em novos sistemas otimizaram resultados, simplificando processos e facilitando a vida de gestores e candidatos.

Há tempos a tecnologia tem influenciado a rotina de trabalho de todas as profissões, e essa revolução digital nem é tão antiga – há pouco mais de duas décadas ainda contávamos com máquinas de escrever e grandes arquivos manuais. Para os jovens de hoje, é difícil imaginar como a dinâmica dos escritórios e dos processos seletivos era diferente, como procurar um emprego era um processo demorado e cansativo – desde procurar vagas em classificados até a rotina exaustiva de entregar currículos de porta em porta e, quando chamado, preencher fichas cadastrais na mão. Atualmente a realidade é bem diferente: em poucos minutos é possível elaborar um currículo e enviá-lo facilmente à dezenas de empresas via e-mail. Sites de recrutamento e seleção facilitam ainda mais a vida daqueles que buscam uma colocação no mercado de trabalho, com um simples cadastro é possível candidatar-se à vagas e ser comunicado quando surgem oportunidades. Porém essa mudança pode ser ainda maior, de acordo com a Companhia de Estágios.

Alguns hábitos que ainda fazem parte dos processos seletivos das grandes empresas podem ser otimizados através da tecnologia – é o caso de testes e entrevistas, que ainda são utilizadas como “peneiras” e são fundamentais para conhecer aspectos comportamentais do candidato. De acordo com Tiago Mavichian, diretor da recrutadora, o uso de sistemas específicos já permite que essa parte seja feita de maneira mais dinâmica, através de entrevistas remotas “Ao se cadastrar, além de responder os testes on-line os candidatos podem se apresentar e responder a perguntas gravando uma vídeo resposta, pelo seu celular, tablet ou computador. Isso facilita tanto a vida do candidato, que economiza tempo e não precisa se deslocar até a empresa num primeiro momento, quanto a vida das empresas – que contam com um processo seletivo mais sustentável, rápido e até mesmo mais qualificado.”

De acordo com o candidato Carlos Eduardo Oliveira: “A sensação é incrível! Nunca tinha participado de um processo puramente on-line, achei rápido e bem moderno.’’. Porém, a tecnologia não se limita ao site: a sede da empresa em São Paulo conta com um sistema integrado que faz a identificação do usuário logo na sua recepção – “Se o processo for presencial, ao chegar o candidato faz seu ‘’checkin’’ via aplicativo, inserindo seu CPF. O sistema identifica para qual vaga ele veio, tira uma foto com o próprio tablet e dá as boas vindas ao candidato. A recepcionista fica a disposição para tirar dúvidas dos candidatos e prestar qualquer assessoria necessária diz Tiago Mavichian da Companhia de Estágios.

A empresa já conduziu processos seletivos modernizados para empresas como Dow e Pirelli – “Os RHs estão bastante abertos a novas formas de seleção e ficam impressionados com a qualidade e rapidez do processo’’. – explica Mavichian. Além de toda essa tecnologia, o apoio humano também é fundamental, a empresa conta com uma equipe de apoio, tanto para suporte online com todas as dúvidas respondidas em poucas horas quanto para falar com os estudantes por telefone e solucionar qualquer dúvida. ‘’O estudante valoriza a tecnologia, mas quer ter a certeza de que pode falar com alguém quando desejar’’ afirma Greta Sunhog – Psicóloga.

Isso porque o encontro pessoal não é descartado – a entrevista presencial ainda é fundamental para determinar se o candidato de fato será o escolhido, nessa etapa outros aspectos são avaliados pelos entrevistadores. A grande diferença é o que o processo online funciona como uma pré-seleção – possibilitando que as empresas pulem etapas, se antes era necessário a presença do candidato 3 ou 4 vezes na empresa, o uso de sistemas reduz essa necessidade, possibilitando a decisão pela contratação em apenas uma entrevista.

O maior impacto causado pela modernização nesses processos sem dúvida é o aproveitamento de tempo, a qualidade dos resultados e a integração mais aprimorada com os candidatos.

A aceitação da tecnologia nesses processos também tem feito muito sucesso com os jovens, que já estão habituados com a tecnologia. Num primeiro momento o candidato pode se sentir muito mais à vontade através da apresentação via vídeo, e ter um desempenho muito melhor.  E a tendência é que essa revolução afete o modo de avaliação dos processos “Sem dúvidas novos pontos começam a ser avaliados, visto que a tecnologia é cada vez mais presente nas empresas.” – finaliza o diretor. E toda essa tecnologia está presente nos processos que estão em aberto. – A expectativa é preencher mais de 1.500 vagas ao longo de 2016.

cadastre-se-programa-de-estagios

Sua carreira profissional começa em boa companhia.

Um único cadastro dá o direito para se aplicar a qualquer vaga e programas de experiência!